Só o amor nos salva: minha vida no Brasil do século XVI

De forma coerente, instigante, despretensiosa e cativante, Regina Valente relata sua experiência entre universos que se manifestam em infinitos graus de materialidade, lembrando-nos que estávamos vivos antes de nosso nascimento e, permaneceremos vivos após a nossa morte. Apresenta-nos aqui um relato sobre mediunidade e intuição, acreditando ser um instrumento passivo e espontâneo da verdade, auxiliando-nos a conseguir acesso as forças que regem o equilíbrio da vida.

 

Ao recordar espontaneamente lembranças de uma de suas muitas vidas passadas, a autora nos leva a acompanhar sua magnífica trajetória quando uma indígena Tupinambá no Brasil do século XVI.

 

Regina aborda dois assuntos ainda pouco debatidos; o akásha e a fragmentação da alma, nos surpreendendo com uma linguagem de fácil compreensão sobre as multiconexões entre os diversos mundos e dimensões paralelas.

 

"A experiência espiritual, independente de qualquer religião, é um fenômeno evidente presente na alma ...”

 

Leitura espiritualizada, romanceada e histórica, entremeada de muito amor, reconhecimento e gratidão por aqueles que já eram a própria civilização brasileira, muito antes do homem branco pisar em nossas terras.

 

Leitura imprescindível para os dias atuais e futuros.

Sobre a autora

 

Regina Valente é estudiosa do tema espiritualismo, escritora, redatora, cronista e poeta. Formada em Pedagogia pela UNI-RIO, concluiu sua Pós-Graduação em Psicodrama. Atuou como Consultora Comportamental e Coaching por mais de 10 anos em diversas empresas. Autodidata, trabalhou como Administradora de Empresas por 15 anos. 


Regina é também autora dos livros: Despertar espiritual e Educação para a imortalidade – Uma nova visão sobre a morte, ambos publicados em 2016 pela Barra Livros. 


Recentemente passou a integrar a União Brasileira dos Escritores (UBE), cuja adesão ocorreu no Rio de Janeiro.

Capítulo degustação
Disponível em pré-venda na Loja Barra Livros
Além da Loja Barra Livros, a obra também está disponível on-line:

 

Martins Fontes Paulista